Rodrigo Maia pressionado para abrir CPI da UNE

Idiomas:

Português   English   Español
Rodrigo Maia pressionado para abrir CPI da UNE
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está sendo pressionado por deputados da base governista a avançar a proposta do PSL de criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a União Nacional dos Estudantes (UNE).

A entidade estudantil é dirigida pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), legenda do deputado Orlando Silva (SP), que é aliado de Rodrigo Maia e apoiou sua reeleição.

O deputado Sóstenes Cavalcanti (DEM-RJ) falou sobre o assunto:

“Só o presidente da Câmara pode responder sobre CPI. Não sei que tipo de acordo o Maia fez com o Orlando (Silva) antes, mas ele não pautou a CPI da UNE (na legislatura anterior). Não vai faltar assinatura nunca para essa comissão ser instalada agora.”

Segundo informações de O Antagonista, nesta quarta-feira (6), o deputado federal Felipe Barros, do PSL, já está colhendo assinaturas para tentar abrir a nova CPI da UNE.

Essa não é a primeira vez que surge uma proposta de CPI para investigar convênios firmados pela UNE com o governo federal entre os anos de 2011 e 2014.

Eduardo Cunha, Waldir Maranhão e Rodrigo Maia impediram o avanço da CPI nas últimas oportunidades.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque