Roger Waters sai em defesa da sanguinária ditadura de Maduro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O cantor Roger Waters, ex-Pink Floyd, vem manchando sua história na música mundial por causa de seus posicionamentos extremistas no quesito política.

Após ser duramente vaiado durante sua passagem pelo Brasil, o cantor Roger Waters parece não ter aprendido a lição e continua tentando interferir na política interna de outros países.

Acontece que, desta vez, o ex-membro da renomada banda de rock Pink Floyd decidiu deixar de lado qualquer pudor e saiu em defesa do sanguinário ditador da Venezuela.

Em mensagem publicada na noite deste domingo (3) no Twitter, Waters compartilhou uma imagem pedindo que os “Estados Unidos parassem com o golpe na Venezuela”.

Em caixa alta, Waters exclamou para que a população da Venezuela fosse deixada em paz. Segundo ele, a ditadura de Nicolás Maduro é uma “democracia”.

No momento de criação desta matéria, o tuíte de Waters já conta com mais de 4 mil respostas, a maioria criticando as palavras do músico. Confira:

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.