Roy Moore acusado de antissemitismo após sugerir que George Soros irá pro inferno

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A grande mídia está tentando derrubar o candidato republicano ao Senado do Alabama de todas as formas. Após ser alvo de várias acusações de assédio sexual, Moore agora recebeu o rótulo de antissemita.

Soros, que é cidadão dos EUA, foi recentemente o foco de uma denúncia afirmando que o bilionário judeu-húngaro está financiando iniciativas para “registrar criminosos presidiários para votar contra Moore”.

Dias atrás, durante entrevista concedida à rádio Família Americana, Moore foi curto e grosso quando questionado sobre George Soros:

Não importa quanto dinheiro ele tenha, ele ainda vai para o mesmo lugar onde as pessoas que não reconhecem Deus e a moralidade vão. E este não é um bom lugar. Ele está pressionando uma agenda e sua agenda é de natureza sexual, sua agenda é liberal e não a que os americanos precisam. Não é a nossa cultura americana. Soros vem de outro mundo com o qual eu não me identifico.

Não demorou muito para a grande mídia e seus fantoches transformarem esta declaração em algo prejudicial ao candidato republicando Roy Moore.

O site Reagan Battalion – rotulado pela velha imprensa como conservador – disse que os comentários de Moore são claramente antissemitas.

A esposa de Moore criticou a grande mídia por propagar teorias da conspiração e saiu em defesa do marido:

Um dos nossos advogados é judeu. Nós temos amigos muito próximos que são judeus e rabinos e também temos uma forte camaradagem com eles.

 

Com informações de: (1)

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.