Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Rússia acusa EUA de financiar protestos contra governo de Belarus

"Só entre 2019 e o início de 2020, eles enviaram cerca de US$ 20 milhões por meio de ONGs”, diz espião russo.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Policiais pedem demissão em apoio a manifestantes em Belarus
COMPARTILHE

Sergey Narishkin, chefe do Serviço de Inteligência Estrangeiro da Rússia, acusou, nesta quarta-feira (16), o governo dos Estados Unidos de enviar dezenas de milhões de dólares para financiar os protestos contra o governo de Belarus.

Em um comunicado divulgado pela imprensa russa, Narishkin declarou:

“Embora no plano público Washington tente se manter nas sombras, após o início dos protestos de rua em massa, os americanos aumentaram várias vezes o financiamento das forças anti-governamentais de Belarus.”

O espião russo lembrou que “o Ocidente começou a preparar os protestos muito antes das eleições em Belarus”.

“Só entre 2019 e o início de 2020, eles enviaram cerca de US$ 20 milhões por meio de ONGs a organizações antigovernamentais”, disse Narishkin, segundo a agência EFE.

Com o apoio da União Europeia, os EUA pedem que seja exercida uma pressão sobre Belarus para o presidente Aleksandr Lukashenko abra diálogo com o Conselho de Coordenação da oposição para a transferência de poder.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM