Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Rússia alerta que mundo caminha para ‘luta de todos contra todos’

Vladimir Putin alerta para 'corrida armamentista desenfreada'
COMPARTILHE

“Existe a possibilidade de que possamos experimentar um colapso real”, diz Putin.

Vladimir Putin, presidente da Rússia, fez um discurso sombrio, nesta quarta-feira (27), no Fórum de Davos, que está sendo realizado de forma virtual neste ano. 

Putin advertiu para o risco de confrontos de “todos contra todos” sem um grande esforço internacional para evitar essa situação: 

Em 40 minutos de intervenção, Putin disse que a pandemia de coronavírus desarrumou as estruturas do mundo, exacerbando os problemas e desequilíbrios já existentes. 

O mandatário russo disse que tudo leva a crer que as tensões atuais vão se acentuar, em todos os domínios, fazendo um paralelo entre a era atual e as décadas de 1920 e 1930, período que levou à “catastrófica Segunda Guerra Mundial”.  

Putin disse que hoje em dia, um conflito tão acirrado não é possível, “espero, porque significará o fim da nossa civilização”. 

 O chefe do Kremlin acrescentou: 

“Mas gostaria de reiterar que a situação pode se desenvolver de maneira imprevisível e incontrolável se não fizermos nada para evitá-la.” 

E completou: 

“Existe a possibilidade de que possamos experimentar um colapso real no desenvolvimento global que pode resultar na luta de todos contra todos.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Almanakut Brasil
Almanakut Brasil
1 mês atrás

ISSO INCLUI ATÉ VENENO NA SPUTNIK V?

Valdir
Valdir
1 mês atrás

Esse aí quando não morde assopra.

Eder Jofre Dias
Eder Jofre Dias
1 mês atrás

Poucos querem tirar o direitos de muitos, o principio de “ir e vir”, transformar o cidadão em escravo do governo, com altas taxas de impostos,preços exorbitantes de produtos básicos , corrupção, diferencia religiosas, ganância por mais territórios etc. Em resumo o humano perdeu amor por si e por outrem.