Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Rússia acusa Capacetes Brancos de fabricar ataque químico

COMPARTILHE

O governo da Rússia acusou a ONG Capacetes Brancos por fabricar o último ataque químico na Síria com objetivo de gerar indignação internacional e facilitar um ataque contra o regime de Bashar al-Assad.

O embaixador da Rússia na União Europeia, Vladimir Chizhov, alegou que o último ataque químico na Síria foi um “evento encenado” por provocadores trabalhando com os Capacetes Brancos, uma ONG conhecida mundialmente por resgatar civis, mas que só atua em áreas controladas por jihadistas.

Um porta-voz dos Capacetes Brancos disse ao jornal Newsweek que o grupo “rejeita categoricamente as alegações”.

Vladimir Chizhov disse ao Euronews que a Rússia está “chocada com mais esta provocação disfarçada de ataque químico em Duma”.

Ele alegou que os investigadores russos não encontraram corpos nem ninguém precisando de tratamento no leste da região de Ghouta, nos arredores de Damasco, apesar de vários relatos, imagens e vídeos da área detalhando as terríveis conseqüências do ataque químico no sábado, 7 de abril.

 

Com informações de: [Newsweek]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE