Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Rússia defende entrada do Brasil no Conselho de Segurança da ONU

Tarciso Morais

Tarciso Morais

EUA convoca reunião de urgência na ONU sobre Venezuela
COMPARTILHE

Rússia, Estados Unidos, China, França e Reino Unido são os cinco membros permanentes do conselho da ONU.

Sergey Lavrov, chanceler da Rússia, pediu, nesta quarta-feira (15), a inclusão do Brasil, da Índia e de algum país da África como membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

Durante evento em Nova Délhi, Lavrov também se pronunciou contra as “sanções unilaterais” impostas por alguns países e contra a construção de uma ordem mundial baseada na “força bruta”.

O chanceler russo declarou:

“Eu diria que a principal deficiência do Conselho de Segurança é a baixa representação dos países em desenvolvimento. Reiteramos a nossa posição de que Índia e Brasil merecem absolutamente estar no Conselho juntamente com um candidato africano.”

E, segundo a agência EFE, acrescentou:

“Nossa posição é que o objetivo da reforma (do Conselho) é assegurar que os países em desenvolvimento sejam melhor tratados no órgão central das Nações Unidas.”

Lavrov ainda especificou que as novas presenças no organismo internacional deveriam ser como membros permanentes.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM