Rússia diz que militares não têm previsão para deixar Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
Rússia diz que militares não têm previsão para deixar Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Rússia afirmou que seus militares permanecerão na Venezuela “o tempo que for necessário” para a ditadura de seu aliado Nicolás Maduro.


Em conversa com jornalistas, nesta quinta-feira (28), a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zakharova, declarou:

“Eles estão trabalhando na implementação dos acordos assinados no campo da cooperação técnica e militar. Quanto tempo levará? Enquanto for necessário para o governo venezuelano.”

Ontem (27), o governo de Vladimir Putin também não se alongou ao explicar a chegada de militares russos ao país da América do Sul.

A porta-voz da Rússia afirmou que a “presença de especialistas russos no território da Venezuela” está previsto em um acordo firmado em 2001, como noticiou a RENOVA.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Ainda nesta quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos pediu a retirada das tropas russas do país.

“A Rússia tem de sair da Venezuela”, pressionou Donald Trump, durante o encontro com Fabiana Rosales, esposa do presidente interino venezuelano Juan Guaidó.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...