Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Rússia e China inauguram primeiro gasoduto conectando os países

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Rússia e China inauguram primeiro gasoduto conectando os países
COMPARTILHE

Pequim se tornou um sócio estratégico de Moscou para diversificar seus mercados de gás.

O governo da Rússia inaugura, nesta segunda-feira (2), o primeiro de três grandes gasodutos que, pela primeira vez, chegarão à China

Vladimir Putin e Xi Jiping vão participar, por videoconferência, da inauguração do gasoduto, informa O Globo.

Batizado de “Power of Siberia”, o gasoduto conecta através de mais de 2 mil quilômetros de tubos as jazidas da Sibéria Oriental com a fronteira chinesa. 

A China, por sua vez, tem que completar sua parte em 2022-2023 para levar o gás até Xangai.

Apesar da aproximação com Pequim, os russos não têm a intenção de abandonar seus clientes europeus, prevendo também a abertura de novos gasodutos, um até a Alemanha e outro até a Turquia.

A inauguração do gasoduto acompanha um contrato de fornecimento de gás russo à China, estimado em mais de US$ 400 bilhões nos próximos 30 anos.

O documento foi assinado em maio de 2014 entre a Gazprom e a gigante chinesa CNPC.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram