Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Rússia recomenda aos EUA que deixem de ameaçar a Venezuela

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Rússia recomenda aos EUA que deixem de ameaçar a Venezuela

A Rússia reforçou a defesa da presença de seus militares enviados para a Venezuela e recomendou que os Estados Unidos deixem de “ameaçar” a ditadura de Nicolás Maduro.

O governo de Vladimir Putin vem pedindo ao presidente norte-americano, Donald Trump, para não interferir nos assuntos bilaterais entre Venezuela e a Rússia.

Em um comunicado, a porta-voz da diplomacia russa, Maria Zakharova, afirmou:

“Nós recomendamos aos Estados Unidos que deixem de ameaçar a Venezuela, de asfixiar sua economia e de empurrar o país para um guerra civil ao violar abertamente o direito internacional.”

Ela acrescentou:

“Fazemos um chamado a todas as forças políticas venezuelanas que coloquem os interesses de sua pátria acima de suas próprias ambições para dialogar.”

E, rebatendo às críticas recentes dos Estados Unidos, Zakharova completou:

“A Rússia indicou claramente o objetivo da ida de especialistas para Caracas. Trata-se de um ‘contingente militar’.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias