- PUBLICIDADE -

Rússia teria enviado militares pra fazer a segurança de Maduro

Rússia teria enviado militares pra fazer a segurança de Maduro

- PUBLICIDADE -

Empreiteiros militares privados que realizam missões secretas para a Rússia viajaram para a Venezuela nos últimos dias para reforçar a segurança do ditador Nicolas Maduro por causa dos protestos da oposição.

A agência de notícias “Reuters” afirmou que um contingente de militares russos está Venezuela, mas a fonte não conseguiu precisar quando eles chegaram, nem a quantidade de agentes.

A Rússia, que apoia a ditadura socialista de Nicolás Maduro ao custo de bilhões de dólares, prometeu nesta semana manter-se ao lado dele depois que o líder da oposição, Juan Guaidó, se declarou presidente com o aval de várias nações da América Latina, conforme noticiou a RENOVA.

Yevgeny Shabayev, líder de um grupo paramilitar de cossacos ligados a empreiteiros militares da Rússia, disse que ouviu que o número de agentes russos na Venezuela pode ser de cerca de 400.

Mas as outras fontes falam sobre um grupo pequeno de militares.

O Ministério da Defesa da Rússia e o Ministério da Informação da Venezuela não responderam aos pedidos de comentários sobre os empreiteiros.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, apenas declarou: “Não temos tal informação.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -