Rússia vê novas sanções dos EUA como ‘declaração de guerra econômica’

O governo da Rússia vai considerar como uma “declaração de guerra econômica” a adoção de uma possível segunda rodada das sanções americanas e reagirá com todos os meios à sua disposição.

A advertência foi feita pelo primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, nesta sexta-feira (10).

Os Estados Unidos anunciaram, na quinta-feira (9), novas sanções econômicas contra a Rússia, apontando Moscou como responsável pelo envenenamento no Reino Unido de um ex-espião russo, por meio do agente tóxico Novichok.

“Se continuarem coisas como a proibição desse, ou daquele banco, ou o uso dessa, ou daquela moeda, teremos de chamar as coisas por seu nome: é uma declaração de guerra econômica”, declarou Medvedev, citado pela agência de notícias Interfax.

“E teremos que responder totalmente a esta guerra. Com métodos econômicos, métodos políticos e, se for necessário, com outros métodos”, acrescentou o primeiro-ministro russo.

“Nossos amigos americanos têm que entender isso”, acrescentou.

 

Adaptado da fonte AFP
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia