Português   English   Español

COLUNA: Saiba o que é Jornalismo Imersivo

Saiba o que é Jornalismo Imersivo

Conheci Eduardo Sona nos anos 80.

Ele era sócio de uma empresa de marketing e estava lançando um produto inovador para a época.

O Sexxy Card.

Era um cartão em PVC, semelhante a um cartão de crédito, com uma espessura menor, mais maleável e que, no verso possuía uma superfície onde o usuário poderia raspar, obter um determinado código que permitia acesso a determinadas funções na internet.

Hoje esse tipo de cartão é popularmente conhecido como “raspadinha”.

Eu era o fornecedor desses cartões.

Eduardo, jornalista de formação, sempre foi uma pessoa à frente de seu tempo. Logo me apresentou um totem informatizado que, colocado numa empresa, servia como coadjuvante aos serviços de RH.

Dez anos depois, estava empresariando uma Banda de Rock e de malas prontas para fixar residência em Louveira, onde mora até hoje.

Tivemos novo contato profissional, onde Edu era o responsável por um Festival de Rock na cidade, convidou a banda de meu filho para fazer uma apresentação por lá.

Bandas Sofisma e Marax, dentre tantas outras, deram – literalmente – um show.

Eduardo ainda organizou encontros de motociclistas, foi o protagonista do “Mochileiro 40tão” onde registrava suas aventuras pelo mundo afora.

Agora em 2019, pilota a Travel Tv Brasil, empresa de mídia e comunicação digital. Produzindo fotos e vídeos 360º, realidade virtual, e criadora dos aplicativos Louveira News e Travel TV Brasil.

Irrequieto, Eduardo faz parte daquela leva de jornalistas que preza pela lisura e transparência dos fatos, e, estudioso das artes e futuro do jornalismo, apresentou-me seu novo artefato que faço questão de compartilhar com os leitores da RENOVA.

Conheçam o JORNALISMO IMERSIVO: O NOVO CAMINHO DA COMUNICAÇÃO

Foto equilateral (360°) da Igreja São Sebastião produzida por Eduardo Sona.

Em tempos de tecnologia, fechamento de revistas e jornais, mudanças no hábito de assistir televisão e a competição das redes sociais divulgando em tempo real as notícias, o jornalismo busca novos modelos e formatos para não perder seu espaço. Um desses caminhos é o jornalismo imersivo.

Neste LINK você confere a matéria imersiva sobre a tradicional procissão da Sexta-feira Santa da cidade de Louveira.

Esse novo estilo de jornalismo propicia ao leitor a possibilidade de vivenciar a experiência de se estar no meio do fato quando ele ocorreu. Utilizando fotos ou vídeos 360°, som ambiente e recursos multimídia, as matérias imersivas permitem que o leitor explore o fato de forma interativa e livre.

Hoje temos tecnologia a preços acessíveis e todos os recursos para mudar rapidamente o cenário do jornalismo produzido para portais, sites e redes sociais. Por enquanto, a maior trava para essa mudança reside na falta de conhecimento – e/ou interesse – dos editores desses veículos. A esperança é que a ficha caía o mais rápido possível antes que se perca o bonde da história.

Texto e matéria imersiva produzidos pelo jornalista Eduardo Sona, especialista em jornalismo imersivo. 

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...