Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Salles alerta para ‘má gestão do lixo’ no Brasil

Salles alerta para ‘má gestão do lixo’ no Brasil
Imagem: Valdecir Galor/SMCS
COMPARTILHE

Programa Lixão Zero objetiva subsidiar os estados e municípios na gestão dos resíduos sólidos urbanos.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, alertou, na última sexta-feira (4), que os principais problemas ambientais do Brasil são a “má gestão do lixo” e a “falta de saneamento”. 

Lançado em 2019, o “Programa Nacional Lixão Zero” está inserido no âmbito da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental Urbana do Ministério do Meio Ambiente. 

O programa objetiva subsidiar os estados e municípios na gestão dos resíduos sólidos urbanos, com foco na disposição final ambientalmente adequada. 

Em mensagem no Twitter, Salles divulgou imagens tristes de um lixão no município de Humaitá, no Amazonas. Confira. 

Desde o dia 27 de outubro, o governo Jair Bolsonaro realiza um roadshow sobre o Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos (SINIR). 

Os eventos são realizados em formato virtual pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com a Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), e cobrirão todos os estados da Federação. 

Lançado em 2019, como um dos primeiros resultados concretos do programa Lixão Zero, o SINIR permite coletar e divulgar dados relativos aos serviços públicos e privados sobre os resíduos sólidos, possibilitando o monitoramento, a fiscalização e a avaliação da gestão de resíduos em seus diferentes níveis: municipal, estadual e nacional. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE