Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Salles defende indenização para proprietário de terra na Amazônia

Salles defende indenização para proprietário de terra na Amazônia
COMPARTILHE

Esta não é a primeira vez que Salles defende um modelo de financiamento internacional que vise desestimular o desmatamento na floresta.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, voltou a defender compensações financeiras aos produtores que possuem terras na Amazônia.

Em entrevista ao jornal Financial Times, Salles criticou a pressão internacional sobre o Brasil na questão ambiental, afirmando que o custo de manter a Floresta Amazônica de pé “precisa ser pago por alguém”.

O ministro propôs uma indenização de US$ 120, cerca de R$ 480, para cada hectare de área produtiva na floresta — o equivalente a US$ 12 bilhões anuais ou R$ 48,7 bilhões, informa O Globo.

Salles também defendeu a exploração econômica da floresta, atrelando o desmatamento ilegal à falta de oportunidades para a população local.

“Desenvolvimento não se opõe à diminuição do desmatamento, muito pelo contrário. Nós vimos a falta de desenvolvimento levar ao aumento da derrubada das matas”, disse Salles.

O ministro do Meio Ambiente afirmou, ainda, que o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, está planejando uma zona econômica para a região amazônia visando atrair o setor farmacêutico, cosmético e alimentício, mas não deu detalhes sobre o plano.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários