- PUBLICIDADE -

Salles diz que procuradores tentam interferir nas políticas do governo

Ricardo Salles celebra redução de queimadas em setembro

- PUBLICIDADE -

“A ação de um grupo de procuradores traz posições com evidente viés político-ideológico”, diz Salles.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, acusa um grupo de procuradores do Ministério Público Federal (MPF) de tentar interferir em políticas públicas do governo Jair Bolsonaro.

Nesta segunda-feira (6), os procuradores pediram o afastamento de Salles por improbidade administrativa em caráter liminar.

Eles acusam o ministro de “fragilizar a atuação estatal na proteção ao meio ambiente”. 

Em nota enviada à rádio Jovem Pan, Salles rebateu as acusações: 

“A ação de um grupo de procuradores traz posições com evidente viés político-ideológico em clara tentativa de interferir em políticas públicas do governo federal.” 

O ministro acrescentou:

“As alegações são um apanhado de diversos outros processos já apreciados e negados pelo Poder Judiciário, uma vez que seus argumentos são improcedentes.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -