Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Salles inaugura usinas de reciclagem no interior de São Paulo

Salles inaugura usinas de reciclagem no interior de São Paulo
COMPARTILHE

Ministério do Meio Ambiente inaugurou usinas de reciclagem em Espírito Santo do Pinhal (SP).

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, inaugurou, nesta segunda-feira (14), duas unidades de triagem e reciclagem no município de Espírito Santo do Pinhal, no interior de São Paulo

As unidades foram implantadas por meio de recursos liberados pelo governo Jair Bolsonaro. Mais de R$ 4 milhões serão alocados para aquisição de equipamentos e máquinas. 

As novas unidades são uma usina de triagem e reciclagem de resíduos recicláveis secos e uma usina de beneficiamento e reciclagem de resíduos da construção civil. 

A cidade gera e coleta 11,2 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos por ano, sendo cerca de 365 toneladas anuais de recicláveis secos coletados seletivamente. 

O descarte inadequado desse lixo acarreta danos ao meio ambiente, trazendo inclusive impactos econômicos e de saúde pública aos locais afetados. 

Os investimentos irão possibilitar ações mais efetivas na gestão dos resíduos sólidos, economia para o município e geração de emprego e renda para população local.  

Ao todo, são mais de 44 mil habitantes beneficiados. 

A usina de triagem e reciclagem de resíduos sólidos urbanos provenientes da coleta seletiva tem capacidade de processamento de 50 toneladas por hora, promovendo um incremento na quantidade e qualidade do material triado e comercializado. 

A usina de beneficiamento e reciclagem de resíduos da construção civil atenderá a demanda do município, que gera cerca de 8,3 mil toneladas de resíduos por ano, e poderá atender os municípios do entorno, pois tem capacidade de 50 m³ por hora. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
2 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Gilson
Gilson
1 mês atrás

Desculpe. Não entendi uma parte. Em um parágrafo diz que a cidade gera mais de 11 mil toneladas por ano. Em outro parágrafo diz que gera 8,3 mil toneladas por ano. O que eu perdi?

lucio
lucio
Responder  Gilson
1 mês atrás

tu queima ! carniça!

PUBLICIDADE