Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Salles vira réu por retirar busto de Lamarca de parque em SP

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Salles vira réu por retirar busto de Lamarca de parque em SP
COMPARTILHE

Caso seja condenado no episódio, Salles pode pegar de seis meses a dois anos de cadeia e ter que pagar uma multa.

Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, virou réu em ação penal por crime contra o ordenamento urbano e patrimônio cultural.

O caso aconteceu em agosto de 2017. Na época, Salles atuava como secretário do Meio Ambiente de São Paulo.

Salles visitou o Parque Estadual do Rio Turvo, em Cajati, no interior de São Paulo, e ordenou que um busto do Carlos Lamarca fosse retirado de seu pedestal, assim como painéis de uma exposição sobre a passagem do guerrilheiro pela região.

De acordo com a denúncia do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) aceita na Justiça, Salles não tinha autoridade para mandar remover o busto e os painéis, já que a instalação das peças havia sido decidida e autorizada pelo conselho gestor do parque.

Além disso, como a instalação foi feita com recursos públicos, ao mandar retirar a obra o então secretário teria provocado dano ao patrimônio público, informa o site UOL.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram