Salvini denunciado por não seguir agenda politicamente correta

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, foi denunciado por “instigação ao ódio racial”, por conta de suas declarações em relação a migrantes e refugiados.

A denúncia foi apresentada por cidadãos ao Ministério Público de Treviso, cidade no norte da Itália, e cita supostos “comentários xenófobos e racistas” feitos pelo minsitro Matteo Salvini, que também é secretário do partido direitista Liga.

‘As afirmações do ministro excederam conscientemente o limite do exercício legítimo do direito de expressar seu pensamento, previsto pelo artigo 21 da Constituição, e não são tuteladas pela liberdade de expressão’, diz a denúncia.

Em uma das frases citadas no caso, Salvini disse: “Terminou a mamata dos clandestinos, se preparem para fazer as malas, de maneira educada e tranquila, e ir embora”.

Como de costume, a esquerda mundial tenta colocar o rótulo de xenófobo em qualquer voz que ouse questionar a agenda politicamente correta de fronteiras abertas.

A denúncia se baseia na “Lei Mancino”, que pune comportamentos ligados à ideologia nazifascista e atos de discriminação racial, étnica ou religiosa.

Desde que chegou ao poder através do voto popular, Salvini está batalhando contra organizações que lucram através do transporte de imigrantes ilegais à Itália através do Mar Mediterrâneo.

Adaptado da fonte ANSA

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...