Samarco não pagou nenhuma multa ao Ibama por tragédia em Mariana

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Três anos depois do rompimento da barragem em Mariana, a mineradora Samarco, que tem a Vale como uma de suas acionistas, ainda não pagou nenhum centavo de multa ambiental ao Ibama.

As informações são do próprio Ibama, que informou ter instaurado 25 autos de infração que resultaram em multas da ordem de R$ 350,7 milhões à mineradora, informa “O Globo“.

Os dados revelam a dificuldade que o governo federal tem para punir grandes empresas, mesmo após desastres, como o rompimento de barragens de rejeitos em Brumadinho, também no estado de Minas Gerais, que já levou a pelo menos 84 mortes.

No episódio da última sexta-feira, o Ibama já multou a Vale em R$ 250 milhões, por meio de cinco autos de infração.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.