Lideranças cristãs avisam Gleisi que Santuário de Aparecida não é espaço político

As lideranças de um dos maiores templos católicos do Brasil avisaram Gleisi Hoffmann que o Santuário Nacional de Aparecida não é espaço para fazer política.

Na véspera, a presidente nacional do PT havia convocado no Twitter uma romaria por Lula no próximo dia 20 a Aparecida (SP).

O jornal Folha de S. Paulo divulgou um comunicado do Santuário:

“O Santuário é um espaço sagrado que acolhe todos os filhos e filhas de Nossa Senhora Aparecida, sem distinção. Da mesma forma, também é uma casa que se coloca contra toda e qualquer utilização do seu espaço para fins políticos ou ideológicos”, diz o comunicado.

“Com base nos valores éticos e cristãos, o Santuário Nacional entende que o momento atual é propício de reflexão e protagonismo do cidadão ao que tange às escolhas eleitorais. Por isso, sob qualquer qualquer hipótese se posiciona ou se posicionará em favor de quaisquer líderes políticos, refutando toda e qualquer iniciativa que queira utilizar-se do Altar da Eucaristia para fins de promoção individual ou partidária”, continua o texto.

A nota termina dizendo que, para a equipe eclesiástica do Santuário, “nossa bandeira é o Brasil, nossa representante é Aparecida, nossa padroeira. Vamos rezar pelo Brasil. Nós temos essa obrigação!”.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia