Sapatos de crianças guardam segredos do campo de Auschwitz

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Um grande número de sapatos pertencentes a crianças que morreram em Auschwitz-Birkenau estão em exibição no museu.

Um grupo de especialistas do Museu de Auschwitz-Birkenau fez uma descoberta emocionante em sapatos que pertenciam a uma criança que morreu no campo de concentração da Alemanha Nazista na Segunda Guerra Mundial.

“Foi encontrada uma inscrição manuscrita em um dos sapatos infantis com o nome e sobrenome da criança, a marcação do transporte e o número de registro da criança na lista de transporte (Ba 541)”, explica o memorial.

O sapato com a inscrição manuscrita pertencia a um garoto chamado Amos Steinberg, da República Tcheca, que tinha 6 anos quando chegou a Auschwitz em 1944.

Steinberg, que morava em Praga, foi preso no gueto de Theresienstadt, perto da capital tcheca, em 10 de agosto de 1942. A família foi posteriormente deportada para Auschwitz, destaca a emissora FoxNews.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.