PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Seattle coloca um ponto final na “zona livre de policiais”

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“Tiroteios, roubos, agressões, violência e incontáveis crimes de propriedade ocorreram nesta área de vários quarteirões”, diz a chefe de polícia local.

A prefeita Jenny Durkan ordenou, nesta quarta-feira (1º), que a polícia de Seattle acabasse com a chamada “Zona Ocupada de Protestos de Capitol Hill”.

Os oficiais removeram os bloqueios, desmontaram as tendas onde os radicais de esquerda estavam acampados havia três semanas. Pelo menos 23 pessoas que se recusaram a deixar o local foram presas. Um dos detidos carregava uma faca e um cano de metal.

um grande grupo de manifestantes havia ocupado cerca de seis quadras no bairro Capitol Hill, no centro de Seattle, no dia 8 de junho, impedindo a presença da polícia na área. 

Em mensagem no Twitter, a polícia de Seattle explicou a ação:

“Desde o início das manifestações na região do Distrito Leste, em 8 de junho, dois adolescentes foram mortos e três pessoas ficaram gravemente feridas em tiroteios no final da noite.”

Em comunicado, a chefe da polícia de Seattle, Carmen Best, disse que apoia protestos pacíficos, mas que a “zona ocupada” se tornou um local sem lei e brutal:

“Quatro tiroteios – dois fatais – roubos, agressões, violência e incontáveis crimes de propriedade ocorreram nesta área de vários quarteirões.”

Referências: [1]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.