- PUBLICIDADE -

Seis presidenciáveis assinam “pacto de não agressão” para 2022

Seis presidenciáveis assinam “pacto de não agressão” para 2022

Os assinantes do manifesto alertam para a necessidade de se criar uma terceira via.

- PUBLICIDADE -

Um manifesto foi divulgado por um grupo de seis possíveis candidatos à Presidência do Brasil em defesa da democracia, da Constituição de 1988 e contra o autoritarismo.

Os presidenciáveis seguem conectados em um grupo de WhatsApp chamado “Polo Democrático”.

O documento é assinado por:

  • Eduardo Leite (PSDB)
  • João Doria (PSDB)
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM)
  • João Amoêdo (Novo)
  • Ciro Gomes (PDT) 
  • Luciano Huck (sem partido)

Embora não tenha assinado o documento, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, também participa do grupo. 

Os assinantes do manifesto alertam para a necessidade de se criar uma terceira via para quebrar a polarização entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ex-presidente Lula da Silva (PT) na disputa pelo Planalto em 2022.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -