Português   English   Español

Além de financiar, time Hillary vazou boatos para autor do dossiê

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Membros do time Hillary estavam “alimentando” o ex-espião britânico Christopher Steele com informações falsas, ao mesmo tempo em que ele compilava o dossiê anti-Trump financiado pelo Comitê Nacional Democrata.


O presidente do Comitê Judiciário do Senado, Chuck Grassley, e o senador Lindsey Graham pediram ao Departamento de Justiça em janeiro que investigasse Christopher Steele com base em evidências que sugerem que ele mentiu para o FBI sobre seus contatos com a mídia ou o FBI deturpou as declarações do espião britânico.

Os senadores agora estão pedindo ao FBI por uma revisão de emergência de seu encaminhamento criminal para que ele possa ser tornado público, com apenas uma parte do conteúdo censurado.

Steele já está sendo investigado sobre seu envolvimento no dossiê falso pelo Comitê de Inteligência da Câmara. Como ficamos sabendo no controverso memorando divulgado na sexta-feira (02/02), o dossiê foi o cerne do pedido do FBI e DOJ a corte FISA por um mandado de vigilância para um membro da campanha Trump.

O memorando de Grassley e Graham, que foi publicado pela primeira vez horas atrás, fornece uma nova visão do círculo de contatos de Steele durante o período de construção do dossiê.

O memorando afirma que Christopher Steele disse que recebeu informações que vieram de “uma fonte estrangeira que estava em comunicação com (censurado), que é um contato de (censurado), um amigo dos Clintons, que passou para (censurado)“.

Os senadores republicanos escreveram ao vice-procurador-geral Rod Rosenstein, que supervisiona a investigação sobre a Rússia e o diretor do FBI, Christopher Wray.

“Já é suficientemente preocupante que a campanha de Hillary tenha financiado o trabalho do Sr. Steele, mas que os associados de Clinton também estavam ao mesmo tempo alimentando Sr. Steele com informações suscitam preocupações adicionais sobre sua credibilidade”, declararam os senadores.

Senadores republicanos Chuck Grassley e Lindsey Graham
Com informações de: [FoxNews]

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...