Português   English   Español
Português   English   Español

Senado da Itália aprova corte de um terço nos parlamentares

Senado da Itália aprova corte de um terço nos parlamentares
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O projeto já foi aprovado em dois turnos pela Câmara Alta e agora volta para uma última análise dos deputados.

O Senado da Itália aprovou, na última quinta-feira (11), por um placar de 180 a 50, um projeto de reforma constitucional que reduz o número de parlamentares em 36%.

De acordo com o texto, a quantidade de deputados passaria de 630 para 400, enquanto a de senadores cairia de 315 a 200.

A medida teve os votos dos dois partidos da base aliada, Liga e Movimento 5 Estrelas (M5S). Já as legendas de centro e esquerda votaram contra.

Segundo a revista ISTOÉ, o vice-premiê e ministro do Desenvolvimento Econômico, Luigi Di Maio, celebrou:

“Estamos muito contentes pelo fato de que hoje, em terceira leitura, foi aprovada também no Senado a redução de quase 350 parlamentares da República. Agora falta apenas um tempo para marcar o gol definitivo.”

No entanto, como não alcançou o apoio de dois terços dos senadores (210) e é improvável que o consiga entre os deputados (410), o projeto teria de ser submetido a referendo popular.

A medida também reduz o número de parlamentares eleitos no exterior de 18 (12 deputados e seis senadores) para 12 (oito deputados e quatro senadores).

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!