Senado dos EUA confirma primeira mulher como diretora da CIA

A nomeação de Gina Haspel, de 61 anos, foi aprovada em meio a polêmica provocada por sua atuação na aplicação de métodos de tortura há uma década.

O Senado dos Estados Unidos confirmou nesta quinta-feira (17) a nomeação de Gina Haspel como nova diretora da Agência Central de Inteligência (CIA).

Gina, de 61 anos, especialista em Rússia, se torna, assim, a primeira mulher a comandar a CIA. Ela ocupava interinamente o cargo desde que o diretor anterior, Mike Pompeo, assumiu como secretário de Estado.

De acordo com informações do Estadão:

Na quarta-feira, ela ganhou o apoio da Comissão de Inteligência do Senado. A aprovação abriu caminho para que ela fosse confirmada pelo plenário como nova diretora da instituição.

A candidata de Trump trabalhou durante 33 anos como agente secreta e só nas últimas semanas a CIA divulgou o destino de algumas de suas missões, em um esforço de transparência para limpar a imagem da agente e coletar o apoio de uma maioria de senadores para a sua confirmação.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *