- PUBLICIDADE -

Senado dos EUA retoma investigação contra família Biden

Ucrânia vai revisar investigações relacionadas aos Biden

- PUBLICIDADE -

Um possível conflito de interesses por parte da família Biden está na mira de senadores republicanos.

O relacionamento de Hunter Biden, filho do candidato democrata Joe Biden, com a Burisma, uma empresa de gás estatal da Ucrânia, volta a ganhar evidência nos Estados Unidos após a absolvição do presidente Donald Trump no processo de impeachment.

O Departamento do Tesouro atendeu a um pedido dos senadores do Partido Republicano e entregou a eles documentos financeiros sensíveis.

O filho de Biden ocupou um cargo no conselho da Burisma com um salário mensal de US$ 50 mil entre 2014 e início de 2019.

Os senadores, porém, não revelaram o conteúdo destes documentos para a imprensa.

Os republicanos do Senado estão investigando um possível conflito de interesses por parte da família Biden.

No período em que Hunter ingressou na Burisma, em 2014, seu pai era vice-presidente dos Estados Unidos — durante a gestão Barack Obama — e teve um papel de destaque na diplomacia ucraniana.

Os comitês de Finanças, Justiça e Segurança Interna do Senado estão levando adiante a investigação. Eles também pediram registros de Hunter Biden ao Departamento de Estado, Departamento de Justiça, FBI, Arquivos Nacionais e Serviço Secreto, informa o jornal Gazeta do Povo.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -