- PUBLICIDADE -

Senado pede que PGR investigue Toffoli por improbidade administrativa

Senado pede que PGR investigue Toffoli por improbidade administrativa

- PUBLICIDADE -

Senador pede que a PGR apure potenciais infrações de Toffoli e adote sanções cabíveis posteriormente.

O senador Alessandro Vieira (Cida-SE) entrou com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Dias Toffoli.

Vieira quer que a PGR investigue Toffoli por improbidade administrativa após o CNJ decidir alugar um novo prédio em Brasília com custo anual de R$ 23,3 milhões, informa o jornal Estadão.

A principal justificativa do CNJ para a mudança na sede é a necessidade de dar mais “espaço” aos funcionários e garantir maior “proximidade” com o STF.

A representação pede que a PGR apure potenciais infrações de Toffoli e adote sanções cabíveis posteriormente.

Outras autoridades já criticaram a atitude do CNJ. Na segunda-feira (29), por exemplo, o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, classificou a decisão como a expansão do “monstro estatal“.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -