Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Senado reconhece cassação de Selma Arruda por uso de caixa 2

Tarciso Morais

Tarciso Morais

‘Vou sair do PSL’, diz senadora Selma Arruda
Imagem: Divulgação/Agência Câmara
COMPARTILHE

Fávaro ganhou no STF o direito de ocupar a cadeira da juíza Selma até que nova eleição seja realizada.

A Mesa Diretora do Senado Federal decidiu confirmar, nesta quarta-feira (15), a perda de mandato da senadora Selma Arruda (Podemos-MT). 

Em reunião remota, apenas o senador Lasier Martins (RS), colega de partido da parlamentar, foi contrário ao relatório do senador Eduardo Gomes (MDB-TO) pela perda do mandato. 

A vaga da ex-senadora deve ser ocupada por Carlos Fávaro (PSD), ex-vice-governador de Mato Grosso, terceiro colocado no pleito de 2018 e responsável pela ação contra Selma. 

Em dezembro do ano passado, Selma foi cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por caixa dois e abuso de poder econômico na campanha eleitoral de 2018.

Apesar da decisão da Corte, cabia ao Senado decretar a perda do mandato, assunto que se arrastava há quase cinco meses. 

A decisão agora precisa ser comunicada ao plenário da Casa. Os benefícios da senadora cassada devem ser cortados a partir de quinta-feira (16), quando a decisão da Mesa será publicada no Diário do Senado, destaca a agência EBC.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.