Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Senador aponta ‘risco de perseguição política’ no PL da Censura

Senador aponta ‘risco de perseguição política’ no PL da Censura
Imagem: Roque de Sá/Agência Senado
COMPARTILHE

“Reafirmo que se for obrigado a votar o projeto das fake news nesta quinta, voto contra”, destaca Valério. 

A votação do Projeto de Lei 2.630/2020, apelidado de “PL da Censura”, no Senado Federal, em meio à pandemia de coronavírus, segue enfrentando a resistência de vários parlamentares.

Em mensagem no Twitter, o senador Plínio Valério (PSDB-AM), por exemplo, defendeu que o projeto só seja votado após o fim da pandemia:

“Defendo amplo e desapaixonado debate da lei das Fake News antes da votação. O acerto é que votação em sessão remota, na pandemia, só de matérias relacionadas ao enfrentamento do Covid-19. Meu projeto que aumenta pena em crime de desvios de recursos da saúde, está parado.”

Ele também alertou para o “risco de perseguição política”:

“Reafirmo que se for obrigado a votar o projeto das fake news nesta quinta, voto contra. A lei é extremamente importante, complexa, e não pode ser votada de forma passional, na pandemia e em sessão remota. Especialistas reforçam risco de perseguição política entre outras brechas e falha.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários