Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Senador articula reunião de governadores da Amazônia com Macron

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Senador articula reunião de governadores da Amazônia com Macron
COMPARTILHE

“Brasil e a Amazônia só têm a ganhar com isso e sem abrir mão de um centímetro de nossa soberania”, disse o senador Randolfe.

Enquanto Emmanuel Macron debocha da soberania brasileira na Amazônia, o líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), avança articulação com a embaixada da França no Brasil.

Após reunião realizada nesta terça-feira (27), segundo o site Congresso em Foco, Randolfe afirmou que o ministro conselheiro da embaixada francesa, Gilles Pecassout, disse que Macron estava disponível para conversar diretamente com os governadores da Amazônia Legal.

O senador da Rede Sustentabilidade clarou:

“Se o governo brasileiro não quer, posso afirmar que estados como o Pará e o Amará querem e necessitam. Afinal, não é vergonhoso pedir ajuda. Um país que tem dificuldades para dar conta de um problema desta natureza não pode se dar ao luxo de desperdiçar US$ 20 milhões.

A embaixada francesa prometeu a Randolfe, então, que vai fazer a interlocução com Macron para marcar este encontro. A ideia é que a reunião seja realizada em Paris entre outubro e novembro.

Randolfe ainda destacou que a ajuda não implica na perda da soberania brasileira sobre a Amazônia:

“Os recursos serão doados. A única contrapartida é reduzir o desmatamento, impedir os focos de incêndio e ampliar a rede de cobertura vegetal. O Brasil e a Amazônia só têm a ganhar com isso e sem abrir mão de um centímetro de nossa soberania.”

Em mensagem no Twitter, o senado também comentou sobre sua reunião com os representantes franceses.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM