- PUBLICIDADE -

Senador Magno Malta critica ‘ditadura do STF’

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
- PUBLICIDADE -

Em pronunciamento no Plenário na quarta-feira (4), o senador Magno Malta (PR-ES) declarou-se indignado com as atitudes do Supremo Tribunal Federal (STF).

Magno Malta repercutiu a revolta do povo contra o que chamou de “contorcionismo jurídico” dos ministros do Supremo, que, segundo ele, zombam da sociedade ao usurpar atribuições do Executivo e do Legislativo.

O senador declarou:

O Supremo Tribunal Federal do Brasil, o STF, é o senhor de tudo: tudo pode, tudo faz, a ninguém dá satisfação. Antigamente eu tinha uma ilusão de que eles se postavam como suplentes de Deus. Mas estou convencido que eles, hoje, se postam como se Deus eles fossem. E a mim me impressiona muito, porque é uma ditadura.

Magno ressaltou que os membros da Suprema Corte devem prestar contas de seus atos ao Senado, que tem inclusive, registrou o senador, a atribuição de mover processo de impeachment contra eles.

Ao opinar que o próximo presidente da República precisa trazer a “autoridade das ruas” para modificar a composição do Supremo, o parlamentar manifestou apoio ao projeto que estabelece mandatos de oito anos para os ministros.

Confira o vídeo da declaração:

Com informações do Senado

Anúncio

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -