Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Senador pede quebra de sigilos de Hans River

Senador tenta avançar CPI da Lava Toga mais uma vez
Imagem: Pedro França/Agência Senado
COMPARTILHE

Hans River acusou uma jornalista da Folha de lançar insinuações sexuais em troca de informações para reportagem.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) protocolou, nesta terça-feira (18), na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News um requerimento pedindo a quebra dos sigilos bancário, fiscal, telefônico e telemático do CNPJ associado de Hans River do Rio Nascimento.

Durante sua fala aos parlamentares, o ex-funcionário da Yacows acusou a jornalista Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S. Paulo, de se insinuar sexualmente em 2018 em troca de informações prejudiciais ao então candidato Jair Bolsonaro.

Em pedido à CPMI, segundo o portal Terra, o senador declarou:

“O acesso a dados sigilosos da empresa individual da testemunha constitui, ao lado dos dados da própria pessoa física, o principal meio para esclarecimento das reais condições e circunstâncias em que se deram as tratativas com a jornalista da Folha de S. Paulo.”

Na última semana, a relatora da CPMI, deputada Lídice da Mata (PSB-BA), já havia pedido ao Procurador-Geral da República, Augusto Aras, abertura de uma investigação contra River por falso testemunho no depoimento, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários