Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Senadora reivindica direito de assumir Presidência da Bolívia

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Senadora reivindica direito de assumir Presidência da Bolívia
COMPARTILHE

Morales renunciou ao cargo neste domingo (10) após intensa pressão de militares, policiais, comitês civis e da população.

A senadora da oposição Jeanine Añez, segunda vice-presidente da Câmara dos Senadores, reivindicou, neste domingo (10), o direito de assumir a Presidência da Bolívia.

Atualmente, existe um vácuo de poder após as renúncias do ex-presidente Evo Morales e de outras autoridades da cadeia de sucessão constitucional.

A Constituição boliviana prevê que o sucessor do presidente é o vice-presidente ou na falta deles, os titulares de senadores ou deputados por ordem de prelação. Ontem todos eles renunciaram aos seus cargos.

“Estou na segunda vice-presidência e na ordem constitucional me corresponderia assumir este desafio [da presidência] com o único objetivo de convocar novas eleições”, disse Añez, entrevistada pela emissora de TV privada Unitel.

Um governo de transição, insistiu Añez, será para renovar o Tribunal Supremo Eleitoral e convocar eleições, em um prazo de 90 dias, segundo a Constituição, informa o jornal Estado de Minas.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.