Senadores criam CPI que investigará tragédia em Brumadinho

Idiomas:

Português   English   Español
Senadores criam CPI que investigará tragédia em Brumadinho
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A comissão, com 11 titulares e 7 suplentes, terá 180 dias para trabalhar, com recursos limitados a R$ 110 mil.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), criou nesta terça-feira (12) uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará o rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho, cidade de Minas Gerais.

O requerimento para criação da CPI foi apresentado pelos senadores Otto Alencar (PSD-BA) e Carlos Viana (PSD-MG).

A comissão parlamentar tem os mesmos poderes de investigação das autoridades judiciais. Segundo o site Poder 360, os integrantes podem realizar diligências, convocar ministros, tomar depoimentos, inquirir testemunhas e requisitar informações.

O parlamentar Carlos Viana afirmou:

“Havia uma proposta inicial de uma CPMI [Comissão Parlamentar Mista de Inquérito], em conjunto com a Câmara dos Deputados, a qual respeitamos, mas entendemos que uma CPI do Senado e uma CPI também na Câmara Federal darão uma resposta mais ágil para a população brasileira, inclusive na mudança da legislação.“

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as principais notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque