PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Senadores da CPI da Pandemia acreditam que Miranda gravou Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Membros da CPI acreditam que Luis Miranda gravou Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Senadores do grupo majoritário da CPI da Pandemia acreditam que o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) gravou a conversa que teve com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada, em Brasília, em 20 de março.

Miranda teria revelado ao chefe do Executivo supostas irregularidades na compra da vacina Covaxin, da Índia.

Sob reserva, membros da CPI disseram ao site Metrópoles que Miranda teria dado indicações nesse sentido nos bastidores da sessão em que depôs à comissão, na última sexta-feira (25).

Como noticiou a Renova, Miranda afirmou que Bolsonaro teria uma “surpresa mágica” se o desmentisse:

“Ele vai ter uma surpresa mágica. Se ele fizer isso, terei que fazer algo que um parlamentar nunca deveria fazer com um presidente. Ele ficará muito constrangido, muito. Eu tenho como comprovar, mas na hora certa.”

O presidente brasileiro acrescentou:

“Tenho como comprovar que ele escutou tudo o que eu falei para ele [na reunião do dia 20 de março]. É melhor eu não fazer. Seria uma loucura fazer isso antes de 2022 porque o Brasil inteiro descobriria que ele mentiu. Ele não mentiu ainda. Tentou corrigir e admitiu que se reuniu com a gente, que ele mandou corrigir.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.