Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Senadores dos EUA celebram morte do general Soleimani

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Senadores dos EUA celebram morte do general Soleimani
COMPARTILHE

“Qassem Soleimani planejou o reinado de terror do Irã por décadas, incluindo a morte de centenas de americanos”, diz senador republicano.

A confirmação do Pentágono, nesta quinta-feira (2) de que Qasem Soleimani, uma das figuras mais poderosas do regime islâmico do Irã, foi morto em ataque aéreo ordenado pelo presidente Donald Trump provocou ondas de choque imediatas nos Estados Unidos.

Os senadores republicanos Marco Rubio (Flórida), Tom Cotton (Arkansas) e Ben Sasse (Arizona) celebraram o assassinato do líder terrorista cujas atividades no Oriente Médio levaram à morte de centenas de americanos.

Enquanto isso, os políticos democratas alertaram para os efeitos potencialmente desestabilizadores da operação e exigiram respostas sobre o uso da força sem autorização do Congresso.

“Qassem Soleimani planejou o reinado de terror do Irã por décadas, incluindo a morte de centenas de americanos. Hoje à noite, ele recebeu o que merecia, e todos os soldados americanos que morreram por sua mão também conseguiram o que mereciam: justiça”, disse o senador Richard Blumenthal, segundo o site Axios.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram