Senadores petistas pedem desobediência civil

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Após condenação de Lula no TRF-4, o PT está reforçando o discurso de perseguição política, com seus líderes clamando por desordem nacional.

O Partido dos Trabalhadores realiza na manhã desta quinta-feira (25/01), em São Paulo, uma reunião da executiva nacional para oficializar a pré-candidatura do condenado Lula à Presidência.

Além de Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff, vários líderes nacionais do PT participam do encontro na sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT) com a militância petista.

Na entrada da CUT o senador Lindbergh Farias afirmou que a saída para o PT é “a rebelião cidadã e a desobediência civil, nos moldes de Martin Luther King“.
Segundo o senador Lindbergh, “os grandes atos de ontem em São Paulo e Porto Alegre mostram que a solução é ir pra rua”.
Além de Lindbergh Farias, o senador Humberto Costa também defendeu que os eleitores de Lula adotem táticas de “desobediência civil“.
Senador petista Humberto Costa

Ontem (24/01), a senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, também pediu para os militantes se revoltarem.

Com informações de: [ElPais]
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...