Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Sentimento anti-China está em ascensão nos Estados Unidos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Sentimento anti-China está em ascensão nos Estados Unidos

Um número cada vez maior de cidadãos dos EUA está vendo a China como um “inimigo”.

Um sentimento de repúdio ao regime comunista da China está em ascensão nos Estados Unidos em meio à pandemia de coronavírus, de acordo com uma nova pesquisa divulgada pelo portal Político¹ em parceria com a agência Morning Consult.

Desde janeiro de 2020, a porcentagem de cidadãos dos EUA que dizem que a China é um “inimigo” aumentou 11 pontos percentuais para 31%.

Por outro lado, a porcentagem de eleitores que enxergam Pequim como aliada ou amiga caiu 9 pontos para 23%.

Os 30% que dizem que a China é hostil, mas não uma inimiga, se mantiveram constantes nos últimos cinco meses.

Recentemente, um relatório interno² da China apontou que o regime comunista enfrenta uma onda crescente de hostilidade em meio à pandemia.

De acordo com o texto, este clima hostil pode levar as relações com os EUA a um estágio de confronto, inclusive no âmbito militar.

Referências: [1][2]

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias