PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Sequestradores no Brasil exigem Bitcoin como resgate

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Com os detidos foram encontrados carros de luxo, como uma BMW.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Por meio da operação “Dirty Money”, as polícias civis de São Paulo e de Pernambuco prenderam, na última terça-feira (27), oito suspeitos de sequestro.

Os criminosos exigiam Bitcoin como pagamento de resgate das vítimas. 

Os policiais apreenderam uma BMW e uma Range Rover, além de drogas como LSD, notebooks, diversos chips de celular, cartões e uma maquininha de pagamento. 

As autoridades, no entanto, não divulgaram se alguma carteira de criptomoedas foi encontrada com eles e quanto a organização recebeu em Bitcoin pelo resgate.

De acordo com o portal R7:

“As investigações tiveram início em 2019, pela equipe paulista, quando ocorreu um crime de extorsão mediante sequestro, com pagamento de resgate em criptomoeda (bitcoin), na Capital.

Depois, ao longo das apurações, cerca de 11 criminosos foram identificados, sendo verificado que alguns idealizadores do crime residiam em Pernambuco – o que motivou a realização de uma ação conjunta entre os dois estados.

Há cerca de um mês, os mesmos criminosos cometeram o mesmo crime no território pernambucano, resultando na operação de hoje para o cumprimento simultâneo de mandados de busca e apreensão e três de prisão em ambas as unidades federativas.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.