Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Seres virtuais baseados em Inteligência Artificial podem falar com você

Seres virtuais baseados em Inteligência Artificial podem falar com você
COMPARTILHE

Você já imaginou como seria conversar com um ser virtual? A Fable Studio te permite isso!

A empresa Fable Studio, dos Estados Unidos, anunciou seres virtuais desenvolvidos com Inteligência Artificial capazes de estabelecer conversação com humanos.  

Os seus nomes são LucyCharlie Beck. Todos serão capazes de manter conversas como se fossem pessoas reais. 

Você pode se inscrever para fazer interagir com estes seres artificiais no site da Fable Studio

Os personagens são gerenciados pelo Fable Wizard, uma ferramenta de inteligência artificial para dar vida aos personagens por meio de recursos visuais, diálogos, voz e animação. 

Lucy, de 8 anos, foi a primeira personagem de IA do estúdio. 

A Fable Studio começou como uma empresa de entretenimento de realidade virtual, chegando até a ganhar um prêmio Emmy por seu projeto “Wolves in the Walls”.  

No entanto, pouco tempo atrás, a empresa mudou de segmento, concentrando-se em seres virtuais, como Lucy, a menina de 8 anos que foi a primeira personagem de inteligência artificial do estúdio.  

Agora a empresa está tirando Lucy da realidade virtual e permitindo que as pessoas falem com ela pela internet.  

A lista de espera para conversar com o personagem virtual já é de cerca de 7 mil pessoas. 

Já Beck é uma atleta de classe mundial que está programada para ir às Olimpíadas de Tóquio, em 2021, para representar o Canadá na equipe de remo.  

Ela treinou por quatro anos para se preparar para Tóquio, apenas para ficar desapontada com o adiamento devido à pandemia de coronavírus

Beck é um ser virtual com formação atlética. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Fabio
Fabio
1 mês atrás

Poxa que legal, poderiam começar a investir em inteligência artificial para ensinar idiomas.

PUBLICIDADE