Sérgio Camargo defende boicote a filme de Lázaro Ramos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Sinopse: o PR baixa MP para deportar pretos para a África”, disse Camargo.

O presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, defendeu, nesta terça-feira (13), o boicote do filme “Medida Provisória”, dirigido pelo ator Lázaro Ramos.

Em mensagem no Twitter, Camargo disse que “é dever moral de todos os brasileiros honrados boicotar este filme, caso tenha exibição comercial”.

“‘Medida Provisória’ é um insulto à África, vista como um castigo, ao governo legítimo e democrático e aos cidadãos negros”, acrescentou o jornalista.

“Sinopse: o PR baixa MP para deportar pretos para a África”, completou Camargo. Confira o tuíte.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.