PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Sergio Moro abandona magistratura para assumir ministério da Justiça

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O desembargador Thompson Flores, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), assinou na tarde desta sexta-feira (16) o ato de exoneração do juiz federal Sergio Moro.

O juiz foi indicado para ocupar o ministério da Justiça do futuro governo. No documento, Moro alegou que é notório o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro e aceitou a assumir a pasta em 2019.

Segundo informações de O Antagonista, Sergio Moro escreveu:

Houve quem reclamasse que eu, mesmo em férias, afastado da jurisdição e sem assumir cargo executivo, não poderia sequer participar do planejamento de ações do futuro governo.

E completou:

Assim, venho, mais uma vez registrando meu pesar por deixar a magistratura, requerer a minha exoneração do honroso cargo de juiz federal da Justiça Federal da 4ª Região, com efeitos a partir de 19/11/2018, para que eu possa então assumir de imediato um cargo executivo na equipe de transição da Presidência da República e sucessivamente ao cargo de Ministro da Justiça e da Segurança Pública

Destaco meu orgulho pessoal de ter exercido durante 22 anos o cargo de juiz federal e de ter integrado os quadros da Justiça Federal brasileira, verdadeira instituição republicana.

O jornalista Daniel Adjuto, do SBT, publicou o pedido de exoneração de Sergio Moro em seu perfil certificado no Twitter.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.