- PUBLICIDADE -

Sérgio Moro aceitou convite da CCJ para tratar diretrizes

Sérgio Moro aceitou convite da CCJ para tratar diretrizes
- PUBLICIDADE -

A ordem no governo Bolsonaro é “pacificar” a relação com o Congresso. Para alcançar este objetivo, pelos menos três ministros estarão por lá essa semana.

Protagonista de um imbróglio com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na última semana, o ministro da Justiça, Sérgio Moro, estará na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na quarta-feira (27).

Moro atende a um convite do senador Lasier Martins (Pode-RS) para tratar das diretrizes e prioridades da pasta, informa o Congresso em Foco.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também irá ao Senado, na Comissão de Assuntos Sociais (CAS).

Mandetta apresentará uma proposta de substituição ao Programa Mais Médicos e discutirá o financiamento do setor e a formação de profissionais em atendimento à saúde da família e comunitária.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, irá conversar com os parlamentares, mas do outro lado do tapete.

Segundo a RENOVA, ele confirmou presença na CCJ da Câmara para falar sobre a proposta de emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência e o projeto previdenciário dos militares.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -