Português   English   Español

Sergio Moro condenou bandidos como Lula e Fernandinho Beira-Mar

Sergio Moro condenou bandidos como Lula e Fernandinho Beira-Mar
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O juiz federal Sergio Moro não condenou apenas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus asseclas do Partido dos Trabalhadores (PT).


Quatro anos e oito meses após o início da Operação Lava Jato e depois de ser o responsável pela condenação de nomes como o ex-presidente Lula , o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e o ex-governador do Rio Sérgio Cabral , o juiz Sergio Moro decidiu entrar para o governo de Jair Bolsonaro (PSL) nesta quarta-feira (30) , ao aceitar o convite para ser ministro da Justiça e da Segurança Pública .

Precursor ao homologar o primeiro acordo de delação premiada no Brasil, no início dos anos 2000, Moro é especialista em lavagem de dinheiro e um estudioso do crime organizado.

Sergio Moro condenou líderes do tráfico internacional como Lucio Rueda Bustos, do Cartel de Juárez, maior organização criminosa do México, e Fernandinho Beira-Mar, que comandava distribuição de drogas e armas dentro da cadeia.

A condenação de Beira-Mar ocorreu em 2008, quando Moro ainda estava à frente da 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba. A sentença foi a maior dada até então ao traficante: 29 anos e oito meses de prisão.

Foi a primeira vez que a Polícia Federal conseguiu estabelecer vínculo entre a atividade criminosa do traficante e a lavagem de dinheiro com a montagem de negócios paralelos, como uma pequena revendedora de gás.

 

Adaptado da fonte Globo

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...