- PUBLICIDADE -

Sérgio Moro defende fim da reeleição no Brasil

Conheça os alvos do ataque hacker contra o "coração" da Lava Jato
- PUBLICIDADE -

Moro disse que a “reeleição favorece o surgimento de candidatos a caudilhos ou a ditadores”.

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que a reeleição deveria ser extinta para cargos no Executivo no Brasil

Em sua coluna quinzenal publicada na revista Crusoé, Moro disse que o mecanismo “não funciona” no país, “gerando riscos e inconvenientes de toda a espécie”. 

“Durante toda a República, convivemos bem sem a reeleição de presidentes”, escreveu Moro. 

O ex-juiz da operação “Lava Jato” acredita que a reeleição pode multiplicar aspectos negativos da política nacional: 

“A ambição de ser reeleito pode turvar a capacidade do dirigente de tomar as medidas necessárias para o benefício do país e que contrariem interesses especiais ou aspirações momentâneas.” 

Moro disse ainda que a “reeleição favorece o surgimento de candidatos a caudilhos ou a ditadores”, pois “sempre haverá a tentação de um terceiro ou quarto mandato”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -