Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Sérgio Moro defende fim da reeleição no Brasil

Conheça os alvos do ataque hacker contra o "coração" da Lava Jato
COMPARTILHE

Moro disse que a “reeleição favorece o surgimento de candidatos a caudilhos ou a ditadores”.

O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou que a reeleição deveria ser extinta para cargos no Executivo no Brasil

Em sua coluna quinzenal publicada na revista Crusoé, Moro disse que o mecanismo “não funciona” no país, “gerando riscos e inconvenientes de toda a espécie”. 

“Durante toda a República, convivemos bem sem a reeleição de presidentes”, escreveu Moro. 

O ex-juiz da operação “Lava Jato” acredita que a reeleição pode multiplicar aspectos negativos da política nacional: 

“A ambição de ser reeleito pode turvar a capacidade do dirigente de tomar as medidas necessárias para o benefício do país e que contrariem interesses especiais ou aspirações momentâneas.” 

Moro disse ainda que a “reeleição favorece o surgimento de candidatos a caudilhos ou a ditadores”, pois “sempre haverá a tentação de um terceiro ou quarto mandato”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
6 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Vicente
Vicente
1 mês atrás

Porque isso agora, Moro, está com medinho de enfrentar Bolsonaro em 2022? Você não é o cara, prove isso nas urnas e deixe de mimimi oportunista.

Irany Leme
Irany Leme
1 mês atrás

Virou um político oportunista como todos, triste fim do super homem, trocou a sua biografia, pela posição de poste dos tucanos.

frank de Luca
frank de Luca
1 mês atrás

Ele Moro esta com medo que Bolsonaro e forte candidato à revelação. Imagina si ele, Guedes , Salles, Tereza continuem no mesmo caminho que maravilha de pais vamos trer.

FABRICIO MENDES GHESSI
FABRICIO MENDES GHESSI
1 mês atrás

Alguém avisa o marqueteiro do biografado que assim na cara dura fica feio demais, pede pra Rosangela maneirar na resistência, assim em 2022 fica com o 1,8% da madrinha Choice.

LUCIANO DALPONTE
LUCIANO DALPONTE
Responder  FABRICIO MENDES GHESSI
1 mês atrás

KKKKKKKKKKKKKK…BOA…KKKKKKKKKKK

suneida
suneida
Responder  FABRICIO MENDES GHESSI
1 mês atrás

E pensar que esse cara convenceu todo Brasil de que só ele era honesto e capaz de combater a corrupção . Bate no Presidente sim, seu sem vergonha! nada que fala pode
acusá-lo de desonesto. Por que o Bolsonaro e seu governo estão fazendo o que até hoje ninguém fez e isso levará o Presidente no primeiro turno a reeleição!.

PUBLICIDADE