Sergio Moro fala sobre greve dos caminhoneiros

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Após remarcar audiências previstas para a próxima segunda-feira (28), Moro classificou a reivindicação dos caminhoneiros como “legítima” e bloqueio nas estradas como “questionável”.

Em um despacho no processo do sítio em Atibaia, no qual o ex-presidente Lula está entre os réus, o juiz federal Sergio Moro fez comentários sobre a greve dos caminhoneiros.

Por causa da paralisação, o magistrado decidiu adiar as audiências do processo que estavam marcadas para a próxima segunda-feira (28).

Moro disse na decisão de adiar as audiências:

Espera-se que prevaleça o bom senso dos envolvidos, com a normalização da situação e antes que ocorram episódios de violência, mas considerando a incerteza em relação aos próximos dias, é o caso de, por prudência, suspender as audiências do dia 28/05/2018 e, oportunamente, redesigná-las.

O magistrado também disse considerar legítima a pauta de reivindicação dos caminhoneiros:

Há uma pauta de reivindicação legítima da respeitável categoria e que deve ser avaliada pelas autoridades competentes. No entanto, o prolongamento excessivo da paralisação e que inclui o questionável bloqueio de rodovias tem gerado sérios problemas para a população em geral.

 

Com informações da Gazeta do Povo

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.