Português   English   Español

Sergio Moro reclama de hostilidade de ‘agentes do PT’

Sergio Moro reclama de hostilidade de ‘agentes do PT’

Sergio Moro reclama de hostilidade de ‘agentes do PT’ e diz que petistas “querem controlar a Justiça”.

O juiz federal Sergio Moro afirmou ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que “agentes” do PT têm um “desejado controle social da Administração da Justiça”.

O magistrado responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba afirma que parlamentares da legenda têm insistido em sucessivas representações ao CNJ, além de emitirem “notas ofensivas” publicadas no site do partido.

Em resposta ao CNJ, nos autos de representação do PT e de três parlamentares do PT contra ele pela divulgação de um trecho da delação do ex-ministro Antônio Palocci, o juiz Moro assinalou:

Antecipando-se a um desejado ‘controle social da Administração da Justiça’, o que quer que isso signifique, buscam, estes mesmos agentes políticos, através de provocação ao Conselho Nacional de Justiça (cuja composição desejam, aliás, alterar), cercear decisões da Justiça que contrariam os seus interesses partidários, mesmo às custas da aplicação da lei a crimes de corrupção.

E acrescentou:

Confia-se, respeitosamente, que o Conselho Nacional de Justiça rejeitará essas tentativas reprováveis de intimidação da Justiça e que preservará a independência da magistratura.

O Anexo 1 da colaboração premiada de Palocci foi tornado público por Moro dias antes do primeiro turno das eleições. Inconformados, o PT e deputados representaram contra Moro ao CNJ.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Deixe seu comentário

Veja também...